Chelsea Football Club faz parceria com a plataforma de criptomoeda WhaleFin, apoiada pelo Amber Group


O Chelsea Football Club firmou uma parceria de US$ 20 milhões por ano com a WhaleFin, uma plataforma de criptomoedas apoiada pelo Amber Group. Após a parceria, a WhaleFin se tornará a parceira oficial do Chelsea FC a partir da temporada 2022/23.

De acordo com uma comunicação oficial do Chelsea FC em seu site e nas redes sociais, o logotipo do WhaleFin, que apresenta uma baleia azul, será colocado nos uniformes dos jogadores do Chelsea FC. O logotipo substituirá o logotipo da atual montadora coreana Hyundai, que já dura quatro anos.

O clube de futebol também confirmou que está considerando substituir seu principal patrocinador de camisas, a Three, que é uma empresa de telecomunicações britânica.

Primeiro parceiro de ativos digitais do Chelsea FC

Sendo o primeiro parceiro de criptomoedas do Chelsea FC, a parceria permite que o Amber Group apresente o WhaleFin aos fãs do Chelsea em todo o mundo.

Após anunciar a parceria, o CEO do Chelsea, Guy Laurence, disse:

“Esta é uma parceria extremamente empolgante para o clube, que nos alinha com uma das empresas de ativos digitais mais avançadas do mundo”

Por sua parte, o CEO do Amber Group, Michael Wu, disse:

“A capacidade de o futebol de reunir um público global, independentemente da cultura, idioma e nacionalidade, pode ajudar a promover ativos digitais.”

Esta parceria marca a entrada do Chelsea FC no mundo das criptomoedas.

O Manchester United, um importante rival do Chelsea FC, já anunciou uma parceria de vários anos com a Tezos, um grupo de blockchain, cujo nome aparecerá no equipamento de treinamento do Manchester. O Liverpool, outro clube de futebol da primeira liga inglesa, por outro lado, também está considerando substituir seus patrocinadores de camisas pelo Standard Chattered.





Source link

Share to...