NFTs da Red Bull, parcerias cripto e muito mais


As criptomoedas estão dominando o mundo e o universo da Fórmula 1 não é exceção. De tokens não fungíveis (NFTs) e fan tokens a parcerias de vários anos, a comunidade de criptomoedas continua se envolvendo com o universo da Fórmula 1 de várias maneiras.

O Grande Prêmio de Mônaco 2022 viu a equipe mais rápida da F1, a Oracle Red Bull Racing (ORBR), fazer uma parceria com a exchange de criptomoedas Bybit para lançar a coleção de NFTs 2022 da ORBR – baseada na blockchain da Tezos (XTZ). A coleção de NFTs de edição limitada será disponibilizada por meio de um leilão, no qual os usuários podem adquirir colecionáveis digitais que representam vários aspectos do passado, do presente e do futuro da Red Bull.

Falando com a editora-chefe do Cointelegraph, Kristina Cornèr, o cofundador e CEO da Bybit, Ben Zhou, disse que a Fórmula 1 tem uma relação simbiótica com as criptomoedas, pois as parcerias entre as duas indústrias atraem jovens investidores para a base de fãs da Fórmula 1:

“A Fórmula 1 desafia as normas e padrões, e isso realmente combina com as criptomoedas. É uma sinergia realmente enorme que vemos.”

Carro de Max Verstappen com a logo da Bybit. Fonte: Cointelegraph

Paralelamente, a Bybit estreou The Search for the Next Level, um filme estrelado pelos pilotos da Red Bull Max Verstappen e Sergio “Checo” Pérez. Alerta de spoiler: o filme trata do lançamento do novo carro da equipe, o RB18.

Algo grande está a caminho…

Saiba mais sobre esta parceria de alto nível com a @redbullracing!

Assista ao filme completo – já disponível na página Bybit Race Insider:  #TheSearchForTheNextLevel

— BYBIT (@Bybit_Official)

A equipe Aston Martin também assinou um contrato de vários anos de duração com a exchange de criptomoedas Crypto.com para explorar o envolvimento dos fãs da categoria automobiística e iniciativas de investimento. O marketplace de NFTs da Crypto.com continua sendo o local ideal para airdrops de NFTs da Aston Martin e colecionáveis de edição limitada.

A ação nas pistas está prestes a começar em Mônaco.

Não perca nenhum momento do fim de semana do #MonacoGP.#F1 | @cryptocom

— Aston Martin Aramco Cognizant F1 Team (@AstonMartinF1)

Este ano, a gigante exchange de criptomoedas Binance fez parceria com a Alpine F1 Team para lançar colecionáveis em NFT e promover airdrops. Levando o envolvimento dos fãs para o próximo nível, a Binance realizou um evento em 20 de maio, permitindo que um fã vivenciasse a experiência de ser um mecânico da Alpine F1.

Ansioso para ver a #Binance no #MiamiGP neste fim de semana nos carros da @AlpineF1Team.

— CZ Binance (@cz_binance)

Anteriormente, o Cointelegraph informou sobre outras parcerias entre empresas de criptomoedas e a F1 em março de 2022.

Algumas parcerias proeminentes ativas durante o Grande Prêmio de Mônaco 2022 são a da Ferrari e a da empresa blockchain Velas, a da Mercedes e a da exchange de criptomoedas FTX, e o memecoin inspirado no Shiba Inu (SHIB) Floki Inu (FLOKI) e a Alfa Romeo.

Blockchain, crypto set to take sports industry beyond NFT collectibles

Um estudo recente realizado pela fintech gigante Deloitte descobriu o potencial da aliança da tecnologia blockchain e das criptomoedas com a indústria de esportes, e como isso pode abrir novos mercados e oportunidades de geração de receita para entidades esportivas e atletas:

“Uma conexão se formará em torno de colecionáveis esportivos, ingressos, apostas e games. Estamos apenas começando a vislumbrar o potencial [das criptomoedas], bem como os novos mercados aos quais ela pode se dirigir.”

O estudo também destacou a possibilidade de exploração de novos mercados que permitam “propriedade fracionada de ingressos de temporada e camarotes e uma reinvenção do processo de revenda de ingressos.”

LEIA MAIS

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Source link

Share to...