Binance Staking conclui a fase inicial do airdrop do Terra 2.0 à medida que os problemas do ecossistema persistem



Na terça-feira (31/05), a exchange de criptomoedas Binance disse que completou o primeiro estágio do airdrop de novos tokens Terra Luna (LUNA) para detentores de Terra Luna Classic (LUNC), TerraUSD (USTC) e AnchorUST (aUST).

A distribuição foi baseada em snapshots “pré-ataque” e “pós-ataque” de detentores de tokens tirados na altura do bloco LUNC 7.544.910 às 14:59:37 de 7 de maio de 2022 UTC e altura do bloco 7.790.000 às 16:38:08 na quinta-feira (26/05) , respectivamente. Conforme relatado pela Binance, os usuários receberam novos tokens LUNA com base no esquema de compensação descrito pelos desenvolvedores do Terra:

  1. Pré-Ataque 1 aUST = 0,01827712143 LUNA
  2. Pré-Ataque 1 LUNC = 1,034735071 LUNA
  3. Pós-Ataque 1 USTC = 0,02354800084 LUNA
  4. Pós-Ataque 1 LUNC = 0,000015307927 LUNA

No momento do pré-ataque, um aUST tinha um valor de US$ 1,24, enquanto um LUNC valia aproximadamente US$ 75. No momento pós-ataque, um USTC e um LUNC valiam US$ 0,0632 e US$ 0,0001434, respectivamente. No momento da publicação, cada token LUNA vale US$ 9,25. Independentemente do carimbo de data/hora, aproximadamente 30% dos tokens LUNA foram distribuídos à vista, enquanto os 70% restantes serão distribuídos mensalmente em um cronograma de vesting a partir do final deste ano, de acordo com o plano de reforma do Terra.

Além disso, os usuários que fizeram stake de seu USTC por meio do pré-ataque do Binance Staking também foram elegíveis para o aidrop. Como se vê, os ativos USTC dos usuários foram colocados em stake na cadeia, com aUST como o token de rendimento. A Binance lançou o staking do USTC apenas um mês antes e encerrou o programa logo após a implosão do ecossistema Terra Luna Classic.

Apesar do airdrop bem-sucedido na Binance, parece que a distribuição de tokens não ocorreu tão bem quanto o esperado para os entusiastas de criptomoedas que detêm ativos do Terra em carteiras de auto-custódia. Os desenvolvedores do Terra disseram que alguns usuários receberam menos LUNA do que o esperado do aidrop e estão trabalhando ativamente em uma solução. No mesmo dia, um erro de preço do LUNC parece ter causado outra exploração que potencialmente drenou o protocolo Mirror, que é construído no Terra, de todos os seus fundos.

VEJA MAIS:

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Source link

Share to...