Bitcoin mergulha para preencher defasagem da CME em meio à alegação que novo recorde histórico levará 2 anos


O Bitcoin (BTC) permaneceu em “movimentos limitados” em 24 de maio à medida que a ação do preço evitou a volatilidade esperada.

Nenhuma alegria para os touros de BTC após o movimento para baixo do DXY

Dados do Cointelegraph Markets Pro e do TradingView mostraram o BTC/USD retornando ao círculo de US$ 29.000 depois de não manter o suporte de US$ 30.000.

De hora em hora, o par continuou um padrão familiar de oscilações entre as duas zonas, recusando-se a explorar territórios mais extremos para cima ou para baixo.

“O divisor crucial para o Bitcoin é novamente a área de US$ 29,4 mil. Se ela romper -> próximo teste em US$ 30 mil”, resumiu o colaborador do Cointelegraph Michaël van de Poppe em sua última atualização no Twitter.

“Movimentos gerais, limitados à faixa.”

A Reunião Anual do Fórum Econômico Mundial (WEF) em andamento também não deu sinais significativos de movimento de mercado em seus primeiros dias, quando os Bitcoiners se reuniram em Oslo para o que o diretor de estratégia da Human Rights Foundation, Alex Gladstein, chamou de “diametralmente oposto” Oslo Freedom Forum.

O BTC/USD conseguiu fechar a defasagem de futuros da CME (Bolsa de Chicago) para o lado negativo, que havia sido aberta no final da semana anterior.

“Ações dos EUA mostrando sinais de reversão esta semana. $BTC caiu com eles, e agora vai voltar com eles. Preenchimento de defasagem muito óbvio da CME. Não fique para trás”, continuou a popular conta do Twitter IncomeSharks.

Continuando o tema macro, o comentarista de mercados tedtalksmacro ofereceu uma explicação sobre por que os ativos cripto e de risco de forma mais ampla não estavam aproveitando mais a nova fraqueza do dólar americano.

O índice do dólar americano (DXY) ficou em 102 no dia, uma queda de 3 pontos em relação às máximas de vinte anos vistas na semana passada.

Você pensaria que o dumping do índice do dólar significaria ações mais altas e #BTC, mas não!

O DXY está se movendo mais baixo devido a comentários agressivos do BCE e não devido a um aumento natural no apetite ao risco…

(O euro representa ~ 58% do DXY) pic.twitter.com/GXICGmV1Pd

— tedtalksmacro (@tedtalksmacro)

Dois anos de espera por US$ 69.000?

Olhando para o futuro, enquanto isso, as esperanças de ganhos significativos para o Bitcoin eram poucas e distantes entre si.

Para Il Capo of Crypto, o comentarista do Twitter conhecido por suas opiniões sóbrias sobre as perspectivas de preço do BTC, os hodlers só devem esperar bater os atuais US$ 69.000, os máximos de todos os tempos em 2024.

Esse ano marca o próximo halving do subsídio de blocos de Bitcoin, quando a recompensa dada aos mineradores diminui em 50% de 6,25 BTC para 3,125 BTC por bloco.

Não. Eu espero uma boa recuperação após esta última fase de queda (100-500% de saltos dependendo da moeda), mas no final deste ano podemos ver a continuação do mercado de baixa. Não espero novos ATHs até meados do final de 2024 (pós o próximo halving)

— il Capo Of Crypto (@CryptoCapo_) 24 de maio de 2022

O consenso geral já prevê um novo evento tipo “capitulação” que levaria o par BTC/USD abaixo dos mínimos de US$ 23.800 de maio.

Como o Cointelegraph relatou, a ação atual do preço à vista apresenta uma diminuição crescente na lucratividade das mineradoras. A Dificuldade deve diminuir em uma estimativa de 3,2% em 25 de maio, sua maior queda desde julho de 2021.

As visões e opiniões expressas aqui são exclusivamente do autor e não refletem necessariamente as opiniões do Cointelegraph.com. Cada movimento de investimento e negociação envolve risco, você deve realizar sua própria pesquisa ao tomar uma decisão.

LEIA MAIS

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Source link

Share to...