Bitcoin volta à faixa dos US$ 41 mil, mas 3 tokens lideram as maiores valorizações da semana: EOS, APE e GMT


O Bitcoin recuperou força e continuou subindo nas últimas 24 horas e atingiu uma alta de 9 dias em pouco mais de US$ 41.500. Enquanto a maioria das altcoins se acalmou hoje, algumas, como Solana, Terra e Polkadot, registraram ganhos substanciais. No entanto, o APE é o ganhador mais significativo.

As altcoins experimentaram maior turbulência na segunda-feira, quando todo o mercado operava no vermelho. Ontem foi o tempo de recuperação, e a maioria permaneceu em uma posição semelhante ou até aumentou.

O Ethereum foi negociado a US$ 2.900 durante a correção no início desta semana, mas recuperou US$ 3.000 ontem e agora está em torno de US$ 3.100. O Binance Coin e Ripple estão apenas um pouco no vermelho e operam em torno dos US$ 420 e US$ 0,75, respectivamente.

O Cardano, Avalanche, Dogecoin e Shiba Inu marcaram pequenos aumentos diários. O Solana, Terra e Polkadot aumentaram mais de 5%. Como resultado, o SOL é negociado a US$ 107, o LUNA a US$ 95 e o DOT a US$ 19.

A moeda nativa recém-lançada do BAYC – ApeCoin – tem o melhor desempenho de hoje. O ativo subiu mais de 30% e atualmente está acima de US$ 16. Portanto, os três tokens mais valorizados semanalmente são: EOS (EOS) 26.1%, Apecoin (APE) 38.7% e STEPN (GMT) 58.3%.

EOS (EOS) 26.1%

O EOS é a criptomoeda nativa que alimenta o protocolo blockchain EOSIO, uma rede e plataforma para a implantação de aplicativos descentralizados construídos no Ethereum. Não oficialmente EOS significa – Ethereum Operational System ‘Sistema Operacional Ethereum’.

O protocolo é uma solução de sidechain desenvolvida em cima da rede Ethereum para superar problemas de escalabilidade. As sidechains permitem que os desenvolvedores processem transações fora da cadeia, apenas adicionando ao livro público conforme necessário, evitando assim os gargalos do processo. A plataforma de contrato inteligente alega eliminar as taxas de transação e é capaz de realizar milhões de transações por segundo.

O EOSIO foi desenvolvido pela empresa privada Block.one, registrada nas Ilhas Cayman. Seu primeiro whitepaper foi publicado em 2017 e seu software de código aberto foi lançado em 1º de junho de 2018. Ele pretende ser o primeiro sistema operacional descentralizado que fornece um ambiente de desenvolvimento para aplicativos descentralizados (dApps) como BitShares, uma exchange de criptomoedas descentralizada ( DEX) e Steemit, uma rede social com incentivos monetários.

Fonte: Coingecko

O preço do EOS hoje é de US$ 2,8157, o que representa um aumento de 8% nas últimas 24 horas e no acumulado semanal, uma valorização da ordem de 26.1%. O valor de mercado do EOS é de US$ 2,79 bilhões. 

O volume de EOS em 24 horas é de US$ 1,41 bilhão, com uma oferta circulante de 991.615.213. O EOS é negociado em 101 exchanges, sendo as principais: Binance (US$ 181,57 milhões), OKX (US$ 137,59 milhões) e Nami.Exchange (US$ 116,34 milhões). 

O EOS teve uma alta histórica de US$ 20,91 há quase 4 anos. No último dia, o EOS foi negociado em 1.644 mercados ativos, com seus pares de negociação de maior volume sendo USDT ($ 872,22 milhões), USD ($ 237,38 milhões) e BTC ($ 104,21 milhões).

Apecoin (APE) 38.7%

Um boato que circula nas redes sociais desde 18 de abril sugeriu que os proprietários dos NFTs Bored Ape Yacht Club (BAYC) e Mutant Ape Yacht Club (MAYC) podem receber terrenos virtuais na tão esperada plataforma metaverso “Otherside” do Yuga Labs.

O preço do ApeCoin (APE) explodiu depois dessa especulação de que se tornaria um token de pagamento de fato em uma esperada venda de terrenos de metaverso.

Fonte: Coingecko

O preço do ApeCoin hoje é de US$ 16,06, o que representa um aumento de 21% nas últimas 24 horas e no acumulado semanal, uma valorização da ordem de 38.7%. O valor de mercado do ApeCoin é de US$ 4,58 bilhões. O volume de APE em 24 horas é de US$ 3,61 bilhões, com uma oferta circulante de 284.843.750 e uma oferta máxima de 1.000.000.000. 

O ApeCoin é negociado em 52 exchanges, sendo as principais: Binance (US$ 1,11 bilhão), OKX (US$ 681,27 milhões) e Nami.Exchange (US$ 379,85 milhões). 

O ApeCoin teve uma alta histórica de US$ 16,06 cerca de 17 horas atrás. No último dia, o ApeCoin foi negociado em 91 mercados ativos, com seus pares de negociação de maior volume sendo USDT (US$ 2,92 bilhões), VNDC (US$ 190,09 milhões) e USD (US$ 184,51 milhões).

STEPN (GMT) 58.3%

O preço do STEPN (GMT) saltou de US$ 0,01 em 9 de março para um recorde de US$ 3,45 em 19 de abril – um movimento de alta de 34.000% em apenas 41 dias (dados da Binance). 

Uma das principais pistas por trás do rali de preços do GMT vem do recente relatório de ganhos do STEPN. Notavelmente, o projeto obteve um lucro de mais de US$ 26,81 milhões com “taxas de royalties” e a venda de seus “tênis em NFT” no primeiro trimestre de 2022.

Fonte: Coingecko

O preço do STEPN hoje é de US$ 3,4761, o que representa uma queda de 8% nas últimas 24 horas, mas no acumulado semanal, uma valorização da ordem de 58.3%. O valor de mercado do STEPN é de US$ 214,10 milhões. O volume de GMT em 24 horas é de US$ 3,06 bilhões, com uma oferta circulante de 61.591.062 e oferta máxima de 5.997.283.559. 

O STEPN é negociado em 10 exchanges, sendo as principais: Binance (US$ 2,05 bilhões), Nami.Exchange (US$ 534,84 milhões) e Digifinex (US$ 268,03 milhões). O STEPN teve uma alta histórica de US$ 3,7198 há 1 dia. 

No último dia, o STEPN foi negociado em 22 mercados ativos, com seus pares de negociação de maior volume sendo USDT (US$ 2,24 bilhões), BUSD (US$ 366,82 milhões) e VNDC (US$ 267,55 milhões).

LEIA MAIS:



Source link

Share to...