Dados sugerem que clientes ricos da Coinbase ainda estão ‘hodling’ Bitcoin desde dezembro de 2020


O preço do Bitcoin (BTC) caiu mais de 50% depois de atingir US$ 69.000 seis meses atrás, mas a queda fez pouco para forçar alguns de seus investidores mais ricos a vender.

Notavelmente, o número de Bitcoin sob custódia da Coinbase para clientes institucionais aumentou 296% desde o quarto trimestre de 2020, mostrando que a maioria dos investidores decidiu “hodl” em seus investimentos, apesar do preço do BTC ter caído bem mais de 50% em relação aos seus recordes históricos.

NOTÍCIA FRESCA: #Bitcoin sob custódia da @Coinbase para clientes institucionais aumentou 296% desde o quarto trimestre de 2020. 

— CryptoQuant.com (@cryptoquant_com) 30 de maio de 2022

Por exemplo, as instituições que depositaram 10.939 BTC (~ US$ 335 milhões no preço de 31 de maio) com a Coinbase Custody em dezembro de 2020, quando o BTC/USD estava em torno de US$ 23.000, não se moveram desde então, mostram os dados on-chain da CryptoQuant.

Ki Young Ju, CEO da CryptoQuant, observou:

“Para a maioria dos casos, a mesma quantidade de BTC ainda está nas carteiras (de custódia), que saíram da Coinbase para compras institucionais altamente prováveis ​​em dezembro de 2020.”

Se for esse o caso, essas instituições estão atualmente com 30% de lucros de seus investimentos em BTC. Enquanto isso, sua decisão de não relaxar suas posições de Bitcoin, mesmo quando o par BTC/USD despencou mais da metade, ressalta seu forte sentimento de “hodling”.

Isso também aponta para a capacidade das instituições de suportar quedas adicionais no preço do Bitcoin, pelo menos até cair abaixo do nível de equilíbrio dos investidores de US$ 23.000.

O mercado de baixa do Bitcoin não acabou?

O preço do Bitcoin está flutuando dentro da faixa de US$ 29.500 a US$ 30.500 desde 12 de maio, ressaltando a indecisão do mercado em um ambiente de taxas de juros mais altas.

Mas vários analistas técnicos antecipam que o preço do BTC continuará sua tendência de baixa predominante.

Por exemplo, PostyXBT, um analista de mercado independente, argumenta que o token pode cair para sua média móvel de 200 semanas (a faixa de US$ 20.000 a US$ 22.000) a seguir, conforme mostrado na configuração abaixo.

Enquanto isso, o popular analista da Rekt Capital acrescenta que uma queda em direção à MA de 200 semanas também pode fazer com que o Bitcoin forme um pavio de baixa, o que pode levar seu preço a baixas US$ 15.500 a US$ 19.000.

As visões e opiniões expressas aqui são exclusivamente do autor e não refletem necessariamente as opiniões do Cointelegraph.com. Cada movimento de investimento e negociação envolve risco, você deve realizar sua própria pesquisa ao tomar uma decisão.

LEIA MAIS:

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Source link

Share to...