Games Play-to-Earn não param de crescer e apresentam grandes oportunidades de investimento


Os jogos Play-to-Earn (GameFi) são a tendência mais quente no momento entre os criptoativos e, com as várias implementações de tokens não fungíveis (NFTs), os jogadores têm mais controle sobre seus ativos no jogo do que nunca.

A tecnologia blockchain está invadindo vários setores, de finanças a saúde, mas talvez seu empreendimento mais revolucionário tenha sido na indústria de jogos. A indústria de jogos blockchain cresceu para US$ 3 bilhões em 2021. Além disso, está projetado para subir para US$ 39,7 bilhões até 2025, segundo a Statista.

Alimentado por recursos de geração NFT (Tokens Não Fungíveis), free-to-play e play-to-earn como os principais modelos de negócios, a indústria de jogos blockchain atraiu mais de 1,5 milhão de jogadores diversos em todo o mundo, com especial crescimento no Brasil, nas Filipinas e Vietnã, sede do famoso Axie Infinity. O Vietnã é o mercado mais desenvolvido do mundo no que tange a investimentos em GameFi.

Fonte: Statista

Os jogadores também têm a oportunidade de ganhar tokens jogando os jogos diretamente ou criando e vendendo NFTs dos jogos em mercados específicos. Em essência, um dos principais pontos de venda dos jogos blockchain é a possibilidade de ganhar NFTs e criptomoedas e negociá-los em um mercado secundário, como as exchanges, tais como Binance e Huobi que estão negociando diversos tipos de NFTs de jogos. 

No entanto, na maioria dos casos, os jogadores geralmente precisam investir uma quantia antes de começar a ganhar, principalmente quando os jogos atingem um certo nível de popularidade. Esses jogos de blockchain variam de jogos de cartas colecionáveis, a jogos de RPG, mas geralmente é preciso comprar ativos nos jogos para começar a jornada tanto de entretenimento, quanto de investimento.

Por exemplo, Axie Infinity, um dos jogos NFT mais proeminentes, exige que novos jogadores comprem três Axies – os personagens NFT da plataforma – que podem custar de centenas a milhares de dólares, dependendo de sua raridade e características. Compreensivelmente, o custo inicial desses jogos geralmente desencoraja novos jogadores, pois às vezes eles precisam gastar uma quantia considerável de dinheiro para começar a ganhar.

Os NFTs serão a chave para a adoção do consumidor de realidade aumentada e virtual. Com NFT podemos criar ativos únicos ou limitados ou digitais, podem ser coisas como skins, roupas virtuais para seu avatar ou uma casa virtual. Outros ativos NFT incluem uma pintura digital que se sobrepõe nas paredes da sua casa que você só pode ver com óculos e fones de ouvido. 

Crescimento do mercado

Os jogadores gastaram US$ 4,9 bilhões em NFTs em jogos no ano passado, de acordo com o rastreador de mercado DappRadar, representando cerca de 3% da indústria global de jogos GameFi. Embora a demanda tenha esfriado desde o pico de novembro passado, os NFTs de jogos ainda acumularam US$ 484 milhões em vendas até agora em 2022.

O interesse dos investidores em jogos baseados em NFT também aumentou, com projetos atraindo US$ 4 bilhões em financiamento de capital de risco no ano passado, acima dos US$ 80.000 em 2020, segundo o portal DappRadar. O crescimento na base de usuários e volumes de negociação seguem escalonando.

Fonte: DappRadar

Criação de valor

Os NFTs também tem se mostrado uma boa forma de multiplicar investimento, especialmente se os comprar diretamente com os desenvolvedores antes do seu lançamento. Este é um método mais lento, diferentemente do trading dos tokens após seus lançamentos, onde é possível lucrar com a volatilidade do mercado. 

Como vimos, os NFTs são frequentemente comprados por preços altos e depois espera-se uma valorização maior de acordo com o hype em torno dele, ou da plataforma. Mas o valor de um NFT não está simplesmente na sua existência, pois é difícil tornar NFTs tão acessíveis e, em seguida, torná-los incrivelmente valiosos.

É aqui que o termo “valor” entra em jogo, pois um NFT pode ser valioso para o próprio jogador e não para outros. Então, como podemos garantir o verdadeiro valor dos NFTs? As seguintes estratégias de marketing de jogos são úteis:

  • Na forma de ativos (por exemplo, armas e skins) que podem ser transferidos de jogo para jogo.
  • Na forma de registros únicos para jogos que capturam a trajetória de um jogador ao longo do jogo.
  • Colecionáveis únicos para holdar em vez de negociá-lo (especialmente se não forem transferíveis).

Criação de Guildas

As Guildas nada mais são que  associações de jogadores e investidores que se unem para buscar o máximo de rentabilidade de diversas plataformas de jogos que estejam crescendo e que tenham potencial de crescimento. A criação de uma Guilda é o método mais seguro para investir em GameFi, que apostar de forma pulverizada em diversos jogos comprando ativos para jogar e administrar sozinho diversos metaversos.

No Brasil o maior exemplo seria a Dux que é a maior Guilda disponível e a que mais rápido cresce na América Latina, com a maior scholarship de Axie Infinity do continente, com mais de um milhão de dólares investido e mais de 5 mil Axies; e a maior guilda de Star Atlas do mundo, com mais de 700 mil dólares investidos e 7 mil usuários. A Animoca Brands, empresa que recebeu um aporte de US$ 360 milhões do lendário investidor George Soros e é uma das maiores produtoras de jogos do mundo, tem na Dux seu único parceiro da América Latina para criação de guildas e lançamento de jogos.

Há outras iniciativas como as scholarships da Nox e do Youtuber, Mateus Rapini, porém iniciativas menores e com bem menos impacto. O pódio dos gestores das scholars é atualmente da Yield Guild Games (YGG), uma guilda Filipina com 4.600 jogadores que arrecadou R$ 62 milhões em 31 segundos com a venda pública do seu novo token, o YGG tokens (YGG).

LEIA MAIS



Source link

Share to...