Qual foi o destino dos mais de 80.000 Bitcoins liquidados pelo Terra no mercado de criptomoedas



Um dos maiores mistérios relativos ao colapso do ecossistema Terra parece ter sido desvendado através de uma análise de dados on-chain divulgada pela Glassnode em seu mais recente boletim semanal: quem ficou com os 80.081 BTCs liquidados pela Luna Foundation Guard (LFG) em sua tentativa de restabelecer a paridade da stablecoin algorítmica TerraUSD (UST) com o dólar durante os eventos que resultaram no colapso do Terra?

O relatório da Glassnode revelou que o suprimento de Bitcoin (BTC) mantido por entidades com menos de 100 BTC aumentou em 80.724 BTC durante as últimas três semanas.

Durante a liquidação do $LUNA desencadeada no início de maio, um total de 80.081 $ BTC foram vendidos pela Luna Foundation Guard.

Curiosamente, o volume de oferta detido por entidades com

Isso mostra uma transferência da LFG para detentores de

— glassnode (@glassnode)

Quanto ao fluxo da reserva de Bitcoin da LFG durante sua tentativa de salvar o UST, um relatório da empresa de análise de dados on-chain Elliptic concluiu que as transferências de BTC começaram na manhã de 9 de maio, quando 22.189 BTC foram enviados para um novo endereço.

Mais tarde, a LFG enviou outros 30k Bitcoin para o mesmo endereço e, em poucas horas, um total de 52.189 BTC havia sido enviado para a exchange de criptomoedas Gemini. No dia seguinte, 28.295 BTC foram enviados para a Binance.

Em uma postagem publicada no Twitter em 16 de maio, a LFG detalhou como suas reservas de BTC foram liquidadas nas tentativas de salvar o UST. A explicação começa com a declaração de que a reserva da LFG possuía 80.394 BTC em 7 de maio, véspera do início da desindexação do UST.

1/ No sábado, 7 de maio de 2022, a Luna Foundation Guard mantinha uma reserva composta pelos seguintes ativos:
· 80.394 $ BTC
· 39.914 $ BNB
· 26.281.671 $USD
· 23.555.590 $USDC
· 1.973.554 $AVAX
· 697.344 $USD
· 1.691.261 $LUNA

— LFG | Guarda da Fundação Luna (@LFG_org)

À medida que o mecanismo de mercado do Terra não conseguia restabelecer a paridade do UST com o dólar através do mecanismo de queima e emissão de LUNA, a LFG resolveu recorrer aos Bitcoins mantidos em caixa convertendo-os em UST, conforme avançam as explicações da Luna Foundation Guard no Twitter:

“…quando o preço de $UST começou a cair substancialmente abaixo de um dólar, a Fundação começou a converter essa reserva em $UST. A Fundação fez isso executando diretamente swaps on-chain e transferindo $BTC para uma contraparte para permitir que eles entrassem em negociações de grande porte e em curto prazo com a Fundação.”

A iniciativa da LFG, na verdade, teve efeito contrário. Quando se tornou evidente que a LFG estava recorrendo à sua reserva em Bitcoin para tentar salvar o UST, as entidades do mercado apressaram-se em liquidar suas posições da stablecoin, aprofundando ainda mais a desindexação com o dólar, ao passo que a emissão desenfreada de LUNA contribuía para condenar o ecossistema a uma espiral da morte.

A equipe da Luna Foundation Guard conclui o relatório sobre o destino de suas reservas, revelando que restaram apenas 313 Bitcoins dos mais de 80.000 adquiridos ao longo dos meses de abril e maio, conforme a seguinte discriminação:

313 Bitcoins
39.914 moedas Binance
1.973.554 Avalanche (AVAX)
1.847.079.725 UST
222.713.007 LUNA (dos quais 221.021.746 estão atualmente apostados com validadores)

No último sábado, 28, o Terraform Labs procedeu com o lançamento do Terra 2.0, distribuindo o novo LUNA, também chamado de LUNA2 para detentores do antigo LUNA e do UST. Desde o lançamento, o novo token do ecossistema renascido das cinzas tem operado com alta volatilidade.

LEIA MAIS

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Source link

Share to...