Zro Bank arrecada doações em Bitcoin para ajudar população do Recife atingida por temporal que matou mais de 100



O banco digital cripto Zro Bank anunciou a criação de uma carteira digital para angariar doações em Bitcoin (BTC) e ajudar pessoas afetadas pelas chuvas que atingiram a região metropolitana do Recife (PE) na última semana deixando mais 100 mortos confirmados até esta terça-feira (31), 16 desaparecidos e 6.198 desabrigados, segundo a Defesa Civil de Pernambuco. 

As transferências em Bitcoin vão diretamente para a carteira digital da Organização Não Governamental (ONG) Novo Jeito, que há dez anos promove ações voluntárias no estado de Pernambuco. A iniciativa é do primeiro banco de multimoedas do Brasil, Zro Bank, fundado na capital pernambucana, em parceria com o movimento Transforma Brasil. Mais detalhes podem ser acessados pelo link. 

“Estamos unindo forças, viabilizando mais um canal de doações para tantas famílias que precisam que esses recursos cheguem com urgência. E a tecnologia blockchain permitirá que eles sejam repassados de qualquer parte do mundo para a conta da ONG Novo Jeito instantaneamente”, explicou o  presidente do Zro Bank, Edísio Pereira Neto.

O fundador da ONG Novo Jeito e presidente do movimento Transforma Brasil, Fabio Silva, reforçou que “a região metropolitana do Recife sofre sua maior tragédia dos últimos 50 anos”. “Precisamos de generosidade e solidariedade de todas as pessoas que puderem ajudar nesse momento.” 

Outro exemplo recente da utilização de criptomoedas na forma de doações se refere à guerra entre a Rússia e Ucrânia, que no início de março, duas semanas após ser invadida, já havia recebido US$ 108 milhões segundo um mapeamento do Cointelegraph.  

No início de abril, o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), uma agência da ONU para refugiados, aceitou suas primeiras doações de criptomoedas para ajuda humanitária para ucranianos que fogem do país devastado pela guerra, o que na ocasião representou US$ 2,5 milhões em stablecoins.

Em mais uma frente de doações, as criptomoedas também são usadas em ações permanentes. É o caso da plataforma ImpactMarket, que utiliza a tecnologia blockchain como geração de renda básica para milhares de pessoas ao redor do mundo, conforme noticiou o Cointelegraph Brasil.

LEIA MAIS:

 

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Source link

Share to...