Analista indica que 2 rivais do Ethereum devem subir mais de 20% com possível recuperação do mercado



O preço do Bitcoin (BTC) começa o mês de junho testando o suporte dos 30 mil dólares. A criptomoeda iniciou a semana com um rápido movimento que levou sua cotação aos 32 mil dólares, mas o mercado não foi capaz de sustentar o preço, retornando a cotação para a marca dos US$ 30 mil.

“Esse movimento do começo da semana vai na esteira da melhora do mercado acionário norte-americano da última semana” , avalia Guilherme Rebane, Head of Latam da OSL.

Rebane aponta que o Índice S&P 500 subiu mais de 8% das suas mínimas registradas em maio e, segundo ele, o Bitcoin acabou sendo influenciado por este movimento, uma vez que vinha negociando no range 28 e 30 mil pontos, e recuperou na última semana mais de 10%.

“O mercado de criptomoeda está mais leve, o que facilita distorções maiores de preço. O movimento da semana é um clássico ‘Bart’, uma forte puxada, seguido por um período de negociação em range e depois uma queda rápida retornando aos níveis anteriores. Porém, como pano de fundo, seguimos com a apreensão pelo contexto global”, comenta o executivo.

Para Rebane, “o mercado segue com o radar apontado para os juros americanos, inflação e atividade econômica como um todo”.

Quem concorda com Rebane é o famoso trader conhecido como Altcoin Sherpa que no passado acertou por diversas vezes o movimento do preço do Bitcoin e do Ethereum.

Para Sherpa as duas principais criptomoedas do mercado devem continuar negociando lateralmente no curtro prazo. Ele acha que o ETH subirá mais em relação ao BTC devido a narrativas em torno do “The Merge”, o evento que irá transformar o algoritimo de consenso do Ethereum em Proof-of-stake (PoS).

2 rivais do Ethereum devem subir mais de 20%

No entanto, segundo ele, 2 rivais do Ethereum devem superar a segunda maior criptomoeda do mercado em valorização, quando o mercado começar a reagir.

Diante disso, o analista prevê que a plataforma de contrato inteligente Avalanche (AVAX) pode ver uma boa oportunidade de negociação de curto prazo, embora ele não ache que o ativo atingiu seu “fundo macro” ainda.

Portanto para o analista, caso BTC e ETH continuem negociando lateralmente com perspectiva de baixa, isso também pode afetar o AVAX que deve recuar ainda. Contudo, assim que o mercado sinalizar uma recuperação o AVAX tem fortes chances de uma alta superior a 20%.

Já o segundo concorrente do Ethereum que o analista está de olho é a Tron (TRX), uma plataforma descentralizada de armazenamento e distribuição para mídia social e conteúdo de entretenimento digital.

A Tron recentemente seguiu os passos da Terra Classic (LUNC) e lançou uma stablecoin algoritimica, a USDD. O lançemento trouxe a Tron para os holofotes do mercado já que seu TVL explodiu para mais de US$ 6 bilhões.

Devido a este fato o analista destaca que a Tron deve subir no curto prazo e pode ser um boa oportunidade de compra, no entanto, não descarta que ela pode seguir o mesmo roteiro da LUNC e despencar 99%.

LEIA MAIS

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Source link

Share to...