Especialista que previu alta da Alchemy Pay diz que o Bitcoin pode explodir 71%, mas aponta três desafios



Negociado por volta dos 30,3 mil e com alta de pouco menos de 1% segundo o mapeamento do CoinMarketCap na tarde desta quinta-feira (2), o Bitcoin (BTC) precisará demonstrar força nos próximos dias em direção ao alvo sugerido pelo popular analista de criptomoedas Jason Pizzino, que em junho de 2021 cravou a alta da Alchemy Pay (ACH), que na ocasião subiu mais de 4.000%. Aos seus 267 mil seguidores no YouTube, Pizzino disse que o Bitcoin tem chances de explodir  em direção à resistência de US$ 52 mil, o que representaria cerca de 71% de valorização em relação à cotação atual. Para isso a criptomoeda precisaria  superar três níveis clássicos de resistência, segundo ele. 

“Se conseguirmos superar esses níveis, consolidar e continuar a subir com altos e baixos mais altos… o próximo nível-chave é US$ 48.000 e os níveis de US$ 52.000.
Mas acho que estamos ficando muito à frente de nós mesmos para sequer contemplar chegar aos altos US$ 40.000 ou até mesmo aos baixos US$ 50.000 neste momento, pois há muito trabalho a fazer para o Bitcoin nesses níveis mais baixos.” 

O analista explicou suas ponderações em relação à dificuldade para o Bitcoin alcançar a meta a que ele se referiu, no caso os US$ 52.000. Segundo ele, há resistência-chaves antes disso: 

“O 50 [nível de retração de Fibonacci] que está logo acima disso é de US$ 32.700. Então, para um número arredondado acima disso, US$ 32.800. Portanto esse é o nosso primeiro nível: US$ 32.800.

O próximo nível é o nível mais crítico: US$ 34.500… esse é o nosso maior nível de 50 [retração de Fibonacci] do máximo histórico [de US$ 69.044] a zero… até agora temos US$ 32.800 e US$ 34.500.”

O estrategista acrescentou que a terceira zona de resistência está localizada por vota dos US$ 38.000 ao explicar que:

“É cerca de US$ 37.500 e para um número arredondado acima disso poderia dizer cerca de US$ 38.000. Então, os três níveis que estamos analisando agora: o primeiro que precisamos superar é em torno desses US$ 32.800, depois o de US$ 34.500. Aí estaríamos olhando para cerca de US$ 38.000”, concluiu. 

Na contramão da previsão de Jason Pizzino foi o especialista de pseudônimo Pentoshi, que, embora tenha se mostrado otimista com uma possível alta de curto prazo do Bitcoin e do Ether (ETH), advertiu seus seguidores para uma eventual armadilha escondida por trás da alta das criptomoedas, conforme noticiou o Cointelegraph Brasil. 

O Cointelegraph Brasil não endossa nenhum conteúdo ou produto nesta página. Embora tenhamos o objetivo de fornecer todas as informações importantes que possamos obter, os leitores devem fazer suas próprias pesquisas antes de tomar quaisquer ações relacionadas à empresa e assumir a total responsabilidade por suas decisões, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.

LEIA MAIS:

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Source link

Share to...