5 métricas para monitorar antes de investir em criptomoedas durante um mercado de baixa


Os mercados de baixa de criptomoedas destroem o valor do portfólio e têm uma tendência perigosa de se arrastar por mais tempo do que se espera. Felizmente, um dos aspectos positivos de um retrocesso em todo o mercado é que ele dá aos investidores tempo para reorientar e gastar tempo pesquisando projetos que podem prosperar quando a tendência se tornar otimista novamente.

Aqui estão cinco áreas para se concentrar ao decidir investir em um projeto de criptomoeda durante um mercado de baixa.

Existe um caso de uso?

O setor de criptomoedas não tem escassez de promessas chamativas e protocolos enigmáticos, mas quando se trata disso, há apenas um punhado de projetos que entregaram um produto com demanda e utilidade.

Quando se trata de determinar se um token deve continuar sendo mantido, uma das principais perguntas a ser feita é “Por que esse projeto existe?”

Se não houver uma resposta simples para essa pergunta ou as soluções oferecidas pelo protocolo não resolverem realmente um problema urgente, há uma boa chance de que ele não obtenha a adoção necessária a longo prazo para sobreviver.

Identifique uma vantagem competitiva

Nos casos em que um caso de uso viável está presente, é importante considerar como o protocolo se compara a outros projetos que oferecem soluções para o mesmo problema.

Ele oferece uma solução melhor ou simples do que seus concorrentes ou é mais um protocolo redundante que realmente não traz nada de novo para a mesa?

Um bom exemplo de redundância desnecessária é o setor de oráculos do mercado, que viu um punhado de protocolos lançados nos últimos três anos. Apesar do crescente número de opções, o Chainlink (LINK) é a solução oracle mais antiga e mais amplamente integrada e continua sendo o concorrente mais forte no campo.

O protocolo gera receita e como?

“Se você construir, eles virão” é uma expressão clichê usada nos círculos de tecnologia, mas nem sempre se traduz em adoção no mundo real no setor de criptomoedas.

Operar um protocolo blockchain leva tempo e dinheiro, o que significa que apenas protocolos com receita ou financiamento suficiente poderão sobreviver a um mercado em baixa.

Identificar se um projeto é lucrativo e de onde vem a receita pode ajudar a orientar os investidores interessados ​​em comprar tokens DeFi.

Projetos com maior receita de protocolo. Fonte: Terminal Token

Se um projeto mostra atividade e receita limitadas, pode ser um bom momento para começar a avaliar se está subvalorizado ou se é um investimento que deve ser evitado.

Existem reservas de caixa?

Toda startup deve ter um cofre de guerra, tesouraria, e antes de investir é importante identificar se o projeto tem ou não fundos suficientes para sobreviver a tendências de baixa, especialmente se fornecer rendimento em ativos bloqueados é o principal incentivo para atrair liquidez.

Como mencionado anteriormente, executar um protocolo blockchain não é barato, e a maioria dos protocolos existentes pode não ser líquida o suficiente para sobreviver a um longo mercado em baixa.

Todo projeto de NFT bem-sucedido deve trazer um gerente / tesoureiro financeiro de criptomoeda para diversificar / proteger adequadamente seu baú de guerra, não apenas manter tudo em ETH.

Um projeto também precisa saber como lucrar.

— $trawberry Sith (@StrawberrySith) 10 de maio de 2022

Idealmente, um projeto no estilo DeFi deve ter uma grande tesouraria contendo uma variedade de ativos como Bitcoin (BTC), Ether (ETH) e stablecoins mais confiáveis ​​como USD Coin (USDC) e Tether (USDT).

Ter uma tesouraria bem financiada e diversificada que pode ser retirada durante os tempos difíceis é crucial e, como sugere $trawberry Sith, os projetos precisam aprender quando lucrar e não deixar a maior parte da tesouraria do protocolo em Ether ou no token nativo da plataforma .

Os prazos do roadmap são mantidos e cumpridos?

Embora o desempenho passado não seja necessariamente um indicador de resultados futuros, o histórico de um projeto de seguir seu roadmap e cumprir prazos importantes pode oferecer informações valiosas sobre se ele está preparado para enfrentar tempos difíceis.

Além de acompanhar os marcos do roadmap, sites como CryptoMiso e GitHub podem ajudar os investidores a espiar por trás da cortina para ver a frequência do desenvolvimento e a atividade do desenvolvedor de um protocolo.

Se uma equipe está exibindo pouco ou nenhum sinal de atividade à medida que os prazos do roteiro vêm e vão, talvez seja hora de considerar a possibilidade de que um lento puxão de tapete esteja ocorrendo e que talvez seja hora de sair antes que mais perdas sejam percebidas.

Este artigo não contém conselhos ou recomendações de investimento. Cada movimento de investimento e negociação envolve risco, e os leitores devem realizar sua própria pesquisa ao tomar uma decisão.

Os pontos de vista, pensamentos e opiniões aqui expressos são de responsabilidade exclusiva do autor e não necessariamente refletem ou representam os pontos de vista e opiniões do Cointelegraph.

VEJA MAIS:

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Source link

Share to...