Cardano sobe 20% em uma semana às vésperas da atualização Vasil – analistas indicam o que esperar do preço do ADA


Em mais uma semana difícil para o mercado de criptomoedas, a Cardano (ADA) foi o principal destaque entre as moedas do top 10 em capitalização de mercado, registrando ganhos de dois dígitos próximos a 20% até as primeiras horas desta sexta-feira, 3. Ao longo da manhã, no entanto, o ADA entrou em correção acompanhando o movimento mais amplo do mercado de criptomoedas, devolvendo parte dos ganhos acumulados na semana.

Gráfico diário ADA/USDT (Binance). Fonte: TradingView

A proximidade da implementação da atualização Vasil pode ser considerada um dos principais impulsionadores do preço do ADA. Dados históricos mostram que o preço do ADA geralmente dispara antes de atualizações importantes na rede.

Foi assim com o Alonzo Hard Fork, por exemplo, cuja implementação em setembro do ano passado impulsionou o token à sua máxima histórica atual de US$ 3,09 alguns dias antes da atualização ter sido implementada.

De acordo com uma análise da Mercurius Crypto assinada por Orlando Telles em boletim diário publicado na quinta-feira, 2, a outra razão para a recente disparada do ADA foi o anúncio da implementação de uma ponte com a Ethereum (ETH), a rede líder em contratos inteligentes.

Segundo a análise da Mercurius, a atualização Vasil é a quarta etapa do projeto de desenvolvimento da Cardano. Depois da implementação de contratos inteligentes na atualização Alonzo, em setembro do ano passado, o foco principal agora é o aumento da escalabilidade da rede.

Embora atualizações anteriores tenham impulsionado o ADA a novas máximas históricas, é pouco provável que isso aconteça dessa vez. Até porque, segundo a análise da Mercurius, nada indica que a atualização programada para acontecer em 29 de junho na rede principal vá impactar diretamente a oferta e a demanda do ADA ou a adoção da Cardano para casos de uso reais.

Já a ponte com a Ethereum anunciada em 25 de maio, a princípio só permitirá a tranfserência da stablecoin USDC entre ambas as redes. Embora no futuro a ponte deva ser habilitada para suportar outros tokens ERC-20, padrão mais comum da Ethereum, não se trata, de fato, de um diferencial competitivo capaz de impulsionar a atividade na Cardano, visto que outras blockchains como BNB Chain (BSC), Solana (SOL), Polkadot (DOT), Avalanche (AVAX) e Fantom (FTM) já dispõem de tal funcionalidade de forma mais ampla e efetiva

No entanto, de acordo com a análise de Telles, os eventos não são suficientes para que a Cardano mantenha uma alta sustentada no longo e médio prazo, ainda mais diante das condições desfavoráveis para o mercado de criptomoedas diante de um cenário macroeconômico de reversão da política monetária do Banco Central dos EUA (Fed) em sua tentativa de conter a alta da inflação no país.

Cardano – uma perspectiva fundamentalista

A análise da Mercurius considera outros aspectos da Cardano para justificar a descrença no potencial de crescimento futuro da Cardano e, consequentemente, do preço do ADA.

1. Ecossistema

O primeiro item observado é o desenvolvimento do ecossistema da Cardano. Basicamente, trata-se das diferentes aplicações descentralizadas (DApps) implementadas na rede capazes de atrair usuários e impulsionar sua adoção em termos reais.

Por exemplo, a primeira exchange descentralizada (DEX) da Cardano entrou em operação apenas este ano, enquanto a principal DEX da Ethereum, a Uniswap (UNI), está em operação desde o final de 2018. Mesmo outras redes mais novas, como Solana e Avalanche possuem DEXs que registram volumes de negociação consideráveis.

“De maneira geral os outros tipos de aplicação da Cardano seguem o mesmo ritmo, sempre atrasadas em relação ao restante do mercado”, afirma a equipe da Mercurius.

2. Desenvolvedores

A comunidade de desenvolvedores ativos é uma métrica que não costuma ser avaliada por investidores do varejo, mas ela é fundamental para o desenvolvimento de redes blockchain. De acordo com dados da Electric Capital referentes a 2021, a Ethereum lidera com folga nesse quesito, seguida por Polkadot, Cosmos, Solana e Bitcoin (BTC).

O gráfico abaixo feito pela Eletric Capital mostra que a Ethereum esteve muito a frente de outras blockchains em número de desenvolvedores em 2021, seguida por Polkadot, Cosmos, Solana e Bitcoin. Enquanto isso, o número de desenvolvedores ativos da Cardano figurou em níveis similares a redes menores, como Polygon (MATIC), Near Protocol (NEAR) e Kusama (KSM).

3. Investimentos de fundos de capital de risco

Os fundos de investimento de capital de risco são fundamentais para garantir o capital necessário para o desenvolvimento de plataformas de contratos inteligentes. Dados da Dove Metrics apresentados no boletim da Mercurius mostram que a Cardano não figura entre as maiores captadoras de recursos destes fundos, ficando atrás de Solana, Binance Smart Chain, Polygon, Polkadot, Avalanche, Algorand e até mesmo da finada Terra Classic.

Dados da Dove Metrics referentes ao terceiro trimestre de 2021 relativos especificamente ao setor de finanças descentralizadas (DeFi) também excluem a Cardano devido à sua irrelevância neste quesito.

Mudando o foco da análise para os setores de NFTs e jogos, os quais viram uma explosão de usuários e da capitalização de mercado ao longo de 2021, a irrelevância da Cardano junto aos fundos de capital de risco também é evidente, segundo levantamento da The Block mencionado pelos analistas da Mercurius.

4. Infraestrutura

A infraestrutura de uma rede blockchain é constituída por recursos de usabilidade que facilitam o acesso e a operação de investidores do varejo e institucionais à plataforma. Produtos de investimento estruturados, derivativos listados em exchanges centralizadas, carteiras amigáveis para o usuário final, canais de integração com outras redes são alguns dos exemplos citados na análise para concluir que:

“Nesse sentido, a Cardano continua muito atrasada em relação às plataformas de contratos inteligentes mais avançadas do mercado. A construção de uma ponte com a Ethereum chegando depois de muitas outras plataformas é uma confirmação disso.”

5. Comunidade

De acordo com a análise da Mercurius, a capacidade de gerar engajamento da comunidade de usuários é o principal ponto forte da Cardano e um dos mais importantes pilares de sustentação do preço do ADA.

No entanto, apenas a força da comunidade não faz da Cardano um projeto com potencial de crescimento sustentável no longo prazo, conclui o analista.

Perspectivas de preço do ADA

Segundo o analista do Cointelegraph, Yashu Gola, “do ponto de vista técnico, o ADA poderia continuar sua reversão de tendência em junho devido a um padrão de manutenção de alta” verificado no gráfico do uma hora do par ADA/USD:

O ADA vem se consolidando dentro do que parece ser uma ‘bandeira de alta’, confirmada pela flutuação do preço dentro de uma estrutura triangular após um grande movimento de alta, caracterizado como ‘mastro’. Como regra, uma bandeira de alta é resolvida quando e se o preço ultrapassar sua linha de tendência superior e subir até a altura do mastro.”

No entanto, apesar dos recentes ralis de alívio, o ADA tem flutuado de acordo com a volatilidade do mercado. No final da manhã desta sexta-feira, 3, o par ADA/USD está cotado a US$ 0,54, registrando uma baixa intradiária de 7,4%, de acordo com dados do CoinGecko.

LEIA MAIS



Source link

Share to...