‘CBDCs são a evolução natural’, diz Daniela Barbosa, diretora do HyperLedger



Para Daniela Barbosa – gerente geral de blockchain, saúde e identidade da Linux Foundation e diretora executiva do Hyperledger – moedas digitais e criptomoedas estão entre os grandes bancos no Fórum Econômico Mundial (WEF) em Davos.

Em entrevista ao Cointelegraph filmada no cenário dos Alpes Suíços, Barbosa explicou que nos poucos anos em que participou do WEF, a presença de empresas de criptomoedas cresceu constantemente. Além disso, não devemos ter medo das moedas digitais de banco central (CBDCs).

“As CBDCs são [uma] evolução natural de dólares digitais e moedas digitais.”

Embora o WEF tenha recebido pedidos de alguns banqueiros para que o lançamento das CBDCs desacelere, Barbosa explicou que uma CBDC poderia estar conosco nesta década.

O trabalho do Hyperledger se sobrepõe ao das CBDCs, principalmente à luz de uma parceria com o Digital Dollar Project. A organização sem fins lucrativos busca aprofundar a pesquisa em uma CBDC dos EUA. A chave para a implementação da CBDC, no entanto, é ter sucesso com “métodos de preservação de privacidade”.

Defensora da identidade digital, privacidade e “ter controle de seus dados”, Barbosa também compartilhou a história de como ela conheceu o Bitcoin enquanto morava em São Francisco e trabalhava para a Dow Jones em meados de 2010.

“Eu fui a um encontro [de Bitcoin] uma vez e eu era mais velha que todo mundo e também mulher – e pensei, talvez isso não seja para mim?”

Felizmente, Barbosa manteve-se a par do Bitcoin e do mercado quando o tempo permitiu antes de ingressar no HyperLedger, uma empresa baseada em soluções de blockchain empresarial, em 2016.

Embora as blockchains às vezes possam ser apresentadas como uma solução abrangente, Barbosa explicou que às vezes as blockchains não são a situação ideal e “não devem ser usadas”. Muitos casos de uso de blockchain em 2016 e 2017, por exemplo, queriam que a “mídia prestasse atenção”. Em 2022, uma blockchain funciona quando:

“Você quer usar um livro-razão distribuído quando tem várias partes trabalhando juntas – você não quer ter que criar outra camada intermediária que ajude a desintermediar todos os ativos ao redor.”

O HyperLedger agora cobre tudo, desde produtos farmacêuticos a finanças, enquanto suas soluções blockchain lidam com as mudanças climáticas.

VEJA  MAIS:

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Source link

Share to...