Cronos, da Crypto.com, lança acelerador de US$ 100 milhões para DeFi e Web3



Cronos, um ecossistema blockchain construído pela grande exchange de criptomoedas Crypto.com, anunciou o lançamento de um programa acelerador para acelerar os avanços no espaço de finanças descentralizadas (DeFi), Web3 e Metaverso, entre outros.

Conduzindo a iniciativa, o Cronos Accelerator Program é apoiado por US$ 100 milhões para ajudar projetos de cripto nos estágios de seed e pré-seed buscando orientação, financiamento e crescimento. De acordo com o anúncio, os projetos selecionados para o programa de aceleração serão combinados com mentores compatíveis.

Alguns dos principais parceiros de investimento que apoiam o Cronos Accelerator Program incluem Mechanism Capital, Spartan Labs, IOSG Ventures, OK Blockchain Capital, AP Capital, Altcoin Buzz e Dorahacks. A Cronos planeja integrar outros parceiros no futuro. Fornecendo mais clareza ao programa, o diretor administrativo da Cronos, Ken Timsit, acrescentou:

“No clima atual, é mais importante do que nunca baixar a cabeça e começar a construir de forma agressiva.”

A Timsit visa aumentar o potencial dos projetos, fornecendo suporte de ponta a ponta em todas as operações do projeto. Como parte dessa iniciativa, o braço acelerador de startups Web3 da Cronos, Cronos Labs, realiza workshops semanais que cobrem vários aspectos da construção de projetos de criptomoedas.

Os projetos aspirantes têm a oportunidade de obter um investimento inicial de US$ 100.000 a US$ 300.000, além de ter a opção de financiamento adicional. Além de orientação e outras iniciativas de marketing, os projetos poderão se integrar ao ecossistema da Crypto.com, incluindo uma carteira DeFi, exchange de criptomoedas e mercado de tokens não-fungíveis.

O Departamento de Ciência e Tecnologia (DOST) nas Filipinas lançou recentemente um programa de treinamento para pesquisadores para verificar a viabilidade da tecnologia blockchain nas indústrias de assistência médica, apoio financeiro e ajuda de emergência.

Enrico Paringit, funcionário do DOST, destacou a intenção do departamento de “criar aplicativos que não sejam criptomoedas” e simultaneamente produzir especialistas em desenvolvimento de blockchain para aumentar as iniciativas internas do governo.

VEJA MAIS:

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Source link

Share to...