Mercado Bitcoin adiciona novas criptomoedas, uma delas pode render mais de 18% aos holders mesmo se o Bitcoin despencar


A exchange Mercado Bitcoin, uma das maiores do Brasil, anunciou a listagem de duas novas criptomoedas em sua plataforma, uma delas inclusive pode trazer rentabilidade de até 15% aos holders mesmo que o preço do Bitcoin (BTC) despenque.

A primeira listagem será no MB Digital Assets (MBDA), braço do Mercado Bitcoin para tokenização de ativos, e será um novo token de cotas de consórcio (CSCONS03), em parceria com a Consorciei que comprou com desconto 15 cotas já contempladas mas não utilizadas.

Neste caso, segundo o MB, serão disponibilizados 17.401 tokens, com valor unitário de R$ 100, totalizando pouco mais de R$ 1,6 milhão. Os tokens têm uma estimativa de rendimento de 18% ao ano 136% do CDI (considerando CDI de 13,22% a.a, segundo taxas referenciais BMF em 25/05/22) – e previsão de liquidação total em 6 meses.

Para Vitor Delduque, Diretor de Novos Negócios do MB Digital Assets, a empresa está investindo cada vez mais nesses ativos para que o cliente tenha a possibilidade de diversificar a carteira, reduzindo o risco da operação e tendo a possibilidade de retornos superiores às aplicações tradicionais.

“Nossa meta é tokenizar R$ 600 milhões em ativos até o fim de 2022. Já alcançamos um volume de 154 milhões até agora e estamos tendo uma grande adesão dos investidores”, afirma. 

Esse é o oitavo lote desta natureza lançado pelo MBDA, somando mais de R$ 26 milhões tokenizados. O primeiro em parceria com a Consorciei (CSCON01) foi lançado em 22 de fevereiro e em 30 dias teve todos os tokens, de sua emissão de R$ 1,9 milhão, vendidos.

Na última semana, os detentores do CSCON01 receberam dividendos da terceira liquidação parcial, com o valor total de R$ 1.015.732,11 e 9.783,22920643 tokens queimados, pagando R$ 103,82 por unidade, que representa uma rentabilidade no período de 3,82% e de 15% anualizada. 

Os pagamentos das liquidações anteriores deste token ocorreram em março de 2022, representando 13,98% e R$ 269 mil da operação e com rentabilidade no período de 1,35% e em abril de 2022, representando 28,28% e R$ 550 mil da operação e rentabilidade no período de 2,52%. Em ambos os casos, a rentabilidade anualizada foi de 15%.

OPTIMISM

Já a segunda criptomoeda listada pelo MB será a  OPTIMISM (OP), o token de um dos maiores projetos voltados para aumentar a eficiência da Ethereum.

Lançada ao mercado em 31 de maio, é uma das soluções de escalabilidade de Segunda Camada (L2) e que tem o objetivo de ter transações com a segurança da rede Ethereum, de forma mais rápida e barata. Isso é possível por meio do Optimistic Rollups, uma tecnologia cripto que agrupa as transações para reduzir a carga de tráfego na rede principal.

O processo da Optimism conta com os sequenciadores que executam os cálculos off-chain, publicando os dados de transação compactados em um contrato inteligente no Ethereum, com diversos pontos de verificação em momentos periódicos.

Toda vez que o sequenciador publica informações de uma transação, há uma janela na qual qualquer pessoa pode executar cálculos para determinar se os dados da transação são válidos.

Após esse fluxo, o verificador recebe parte do depósito como recompensa pelo esforço enquanto o restante é queimado, e em seguida, um novo sequenciador verifica os dados registrados na cadeia.

Para Lucas Pinsdorf, especialista de novos negócios do Mercado Bitcoin, devido ao número cada vez maior de usuários usando a rede Ethereum, certas limitações foram encontradas, sendo assim as soluções de segunda camada fazem a diferença, melhorando a capacidade da rede e reduzindo taxas.

LEIA MAIS

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Source link

Share to...