Bitcoin segue preso em resistência e 3 tokens têm o melhor desempenho semanal com disparada de até 15%: ADA, LINK e HNT


O Bitcoin (BTC) passou a maior parte do fim de semana sendo negociado abaixo da linha dos US$ 30.000 antes de iniciar uma impressionante subida na segunda-feira. Levou o ativo a uma alta de vários dias de pouco menos de US$ 32.000.

Enquanto os touros se preparavam para outro passeio ao norte, os ursos interceptaram o movimento e fizeram o que vinham fazendo nas últimas semanas e empurraram o Bitcoin para baixo, mantendo-o lateralizado.

Em questão de minutos, a criptomoeda caiu quase US$ 3.000 para US$ 29.250 (na Bitstamp). O BTC começou a recuperar terreno rapidamente e se viu subindo para US$ 31.500 horas depois. Ele retrocedeu desde então e atualmente está em US$ 30.500. Sua capitalização de mercado é de até US$ 580 bilhões e seu domínio sobre as altcoins é de 46,6%.

Fonte: Tradingview

O Ethereum caiu muito abaixo dos US$ 1.800 ontem, mas agora está acima desse nível após um aumento de 2%. O BNB, que sofreu com relatórios alegando que a SEC investigará a Binance, subiu 3% e é negociado perto de US$ 300.

XRP, Dogecoin, Tron, Avalanche e Shiba Inu também estão ligeiramente no verde. Já Cardano se destacou mais uma vez com um aumento de 7%. Consequentemente, o ADA é negociado agora acima de US$ 0,6.

O valor de mercado de criptomoedas recuperou cerca de US$ 50 bilhões em um dia e agora está em US$ 1,250 trilhão. Enquanto isso, três tokens se destacam, entre eles: Cardano (ADA) 5.4%, Chainlink (LINK) 12.2% e Helium (HNT) 15.5%.

Cardano (ADA) 5.4%

O Cardano estava entre os melhores desempenhos entre as principais criptomoedas em 6 de junho, à medida que os traders precificaram a próxima atualização, a Vasil, que promete aprimorar os recursos de contrato inteligente de sua blockchain. O hard fork ocorrerá como um teste em 29 de junho de 2022. 

Na expectativa de uma valorização, os investidores estão bombando o trading sobre o token.

Fonte: Coingecko

O preço do Cardano hoje é de US$ 0,658436, o que representa um aumento de 6% nas últimas 24 horas e no acumulado semanal, uma valorização da ordem de 5.4%. O valor de mercado do Cardano é de US$ 22,27 bilhões. O volume de ADA em 24 horas é de US$ 2,46 bilhões, com uma oferta circulante de 33.820.262.544 e oferta máxima de 45.000.000.000. 

O Cardano é negociado em 118 exchanges, sendo as principais: Binance ($ 425,67M), Nami.Exchange ($ 350,10M) e FTX ($ 266,14M). O Cardano teve uma alta histórica de US$ 2,9675 há 9 meses. No último dia, o Cardano foi negociado em 987 mercados ativos, com seus pares de negociação de maior volume sendo USDT (US$ 1,27 bilhão), USD (US$ 535,07 milhões) e VNDC (US$ 163,88 milhões).

Chainlink (LINK) 12.2%

O LINK está experimentando um rali depois de anunciar que sua rede será capaz de realizar staking, a rede do oráculo descentralizada que fornece informações para o bom funcionamento dos contratos inteligentes.

Fonte: Coingecko

O preço atual do ChainLink é de US$ 8,5027, o que representa um aumento de 9% nas últimas 24 horas e no acumulado semanal, uma valorização da ordem de 12.2%. O valor de mercado do ChainLink é de US$ 3,97 bilhões. O volume de LINK em 24 horas é de US$ 1,36 bilhão, com uma oferta circulante de 467.009.550 e oferta máxima de 1.000.000.000. 

O ChainLink é negociado em 158 exchanges, sendo as principais: Binance (US$ 201,57 milhões), Nami.Exchange (US$ 165,65 milhões) e FTX (US$ 117,21 milhões). O ChainLink teve uma alta histórica de US$ 52,37 cerca de 1 ano atrás. No último dia, o ChainLink foi negociado em 3.459 mercados ativos, com seus pares de negociação de maior volume sendo USDT (US$ 795,5 milhões), USD (US$ 248,32 milhões) e BTC (US$ 90,11 milhões).

Helium (HNT) 15.5%

O Helium, uma blockchain desenvolvida para melhorar os recursos de comunicação de dispositivos móveis focada em IoT, foi lançada ao mercado em julho de 2019, e permite que equipamentos de baixa potência se comuniquem e enviem dados através de sua rede.

Os usuários da rede compram Hotspots — uma combinação de gateway sem fio e minerador — ou criam seus próprios, fornecendo cobertura de rede em um determinado raio territorial, além de extraírem o seu token nativo, o HNT.

Fonte: Coingecko

O preço do Helium hoje é de US$ 10,93, o que representa um aumento de 10% nas últimas 24 horas e no acumulado semanal, uma valorização da ordem de 15.5%. O valor de mercado do Helium é de US$ 1,32 bilhão. O volume de HNT em 24 horas é de US$ 67,34 milhões, com uma oferta circulante de 120.752.183. 

O Helium é negociado em 23 exchanges, sendo as principais: Nami.Exchange (US$ 19,64 milhões), Binance (US$ 18,74 milhões) e FTX (US$ 8,12 milhões). O Helium teve uma alta histórica de US$ 52,82 há 7 meses. No último dia, o Helium foi negociado em 52 mercados ativos, com seus pares de negociação de maior volume sendo USDT (US$ 43,03 milhões), USD (US$ 10,51 milhões) e VNDC (US$ 9,69 milhões).



Source link

Share to...