Capacidade da Bitcoin Lightning Network passa de 4.000 BTC


Nesta sexta a maior criptomoeda do mundo tem motivos pra comemorar. A Lightning Network atingiu o marco de capacidade pública de 4.000 Bitcoin (BTC), o que significa que US$ 120 milhões em valor estão prontos para pagamentos ponto a ponto (P2P).

A Lightning Network quebrou pela primeira vez a barreira de 1.000 BTC em agosto de 2020 e a barreira de 2.000 BTC em julho de 2021. Agora, a capacidade dobrou no espaço de 18 meses.

Crescimento da capacidade da Lightning Network desde janeiro de 2022. Fonte: Glassnode.

O CEO da CoinCorner Daniel Scott disse ao Cointelegraph: “Tivemos um crescimento lento e constante com a capacidade do Lightning para começar, mas desde janeiro de 2021, o aumento tem sido forte”.

Danny Brewster, CEO da Fast Bitcoins, exchange de Bitcoin sediada no Reino Unido, disse ao Cointelegraph que a capacidade da Lightning Network “provavelmente ultrapassou 4K há muito tempo, com métricas de canal privado não disponíveis publicamente”.

“Com isso dito, o crescimento constante foi um ótimo começo para a Lightning Network e prevejo que continue no futuro, desde que todas as partes interessadas, de desenvolvedores a empreendedores que constroem negócios, continuem avançando.”

Um protocolo de pagamento de camada 2 desenvolvido na camada base do Bitcoin, a Lightning Network permite a finalização da transação quase instantânea. No vídeo a seguir, Paco de la India — um viajante do mundo movido a Bitcoin — compra roupas do Bitcoiner Jorge de Moçambique, usando a Lightning Network:

O analista líder on-chain da Glassnode, James Check, disse ao Cointelegraph: “A expansão da Lightning Network do Bitcoin parece estar saindo da fase ‘imprudente’ e para a experimentação adequada pelos primeiros adotantes”.

“À medida que as carteiras e a experiência do usuário melhoram, mais problemas podem ser resolvidos e a rede amadurece. O crescimento persistente da capacidade pública de Lightning e da contagem de canais é um reflexo desse voto de confiança crescente e utilização crescente”, disse ele.

Scott concordou, compartilhando que a tendência positiva provavelmente continuará “à medida que mais empresas adotam o Lightning e vemos mais casos de uso se concretizando”.

“A influência de El Salvador adotando o Bitcoin parece ter sido um ponto de inflexão para Lightning, dando-lhe confiança e provando um caso de uso no mundo real.”

De acordo com dados da 1ML, o custo médio e mediano de transação para enviar Satoshis (a menor denominação de um Bitcoin) pelo Lightning está bem abaixo de US$ 0,01, provando que ele tem um impacto como tecnologia de pagamento.

Brewster conclui, é um “início incrível, mas um longo caminho a percorrer. Realmente ainda é cedo!”

LEIA MAIS

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Source link

Share to...