Especialistas do mercado explicam por quê os mercados de baixa são benéficos ao Bitcoin



O Bitcoin e o mercado geral de criptomoedas estão passando por um dos momentos mais críticos desde 2018, eliminando mais de US$ 1 trilhão em valor de mercado desde o início de 2022.

A crise atual desencadeou uma onda de pânico na comunidade, com a atividade de venda dos mineradores de Bitcoin (BTC) subindo para máximas de sete meses, já que a lucratividade da mineração caiu para os níveis de outubro de 2020.

O Bitcoin Fear & Greed Index registrou o número mais baixo desde os tempos pré-pandemia do terceiro trimestre de 2019, caindo para 7 e indicando “Extremo Medo” na quarta-feira.

Esses e outros eventos recentes no setor não parecem bons – mas apenas à primeira vista, de acordo com alguns especialistas e executivos do setor.

As pessoas do setor continuam reiterando que os mercados de baixa são realmente favoráveis para o Bitcoin e saudáveis ​​para a indústria de criptomoedas, pois removem especuladores e golpes enquanto fornecem espaço para criar produtos e serviços reais e excelentes.

“A situação atual é boa para o Bitcoin a longo prazo, limpando o mercado de alavancagem, afastando golpistas e instituições desonestas”, disse Josef Tětek, analista da Trezor Bitcoin, ao Cointelegraph.

De acordo com Tětek, os mercados de baixa anteriores geraram muitos projetos cruciais, incluindo a Lightning Network, um grande projeto relacionado ao Bitcoin que permite transações de Bitcoin mais baratas e mais rápidas. O conceito inicial da Lightning Network foi formulado durante o mercado de baixa de 2015.

Os invernos de criptomoedas e os mercados em baixa oferecem mais oportunidades de desenvolvimento, à medida que a especulação deixa o mercado, observou Tětek, afirmando:

“Os mercados em baixa são bons para o Bitcoin. Os construtores enfrentam menos distrações, e os falsos ‘fundadores de projetos’ que estavam apenas procurando por um financiamento rápido de capital de risco e liquidez de saída de varejo ingênua desaparecem tão rapidamente quanto apareciam anteriormente. Construtores de verdade se alegram quando toda essa porcaria é carrida.”

O mercado de criptomoedas precisa passar por invernos de criptomoedas para crescer e amadurecer, disse o CEO do Bitcoin Suisse, Dirk Klee, ao Cointelegraph. Segundo o executivo, a qualidade, estabilidade e segurança dos serviços e produtos de criptomoedas se tornam ainda mais importantes em condições de mercado incertas. Ele disse:

“Em última análise, é disso que a indústria precisa para amadurecer ainda mais, e nosso objetivo é cumprir esses padrões todos os dias”.

De maneira semelhante aos mercados mais amplos, o Bitcoin e todo o ecossistema de criptomoedas evoluíram historicamente em ciclos, com muitos observadores de criptomoedas argumentando que o Bitcoin “nunca foi negociado abaixo do pico do ciclo anterior”

De acordo com o CEO da Kraken, Jesse Powell, os ciclos de preços do Bitcoin são baseados “mais ou menos no halving do Bitcoin”, um evento de um em quatro anos que reduz a recompensa do bloco Bitcoin pela metade, o que historicamente aumentou a demanda do Bitcoin e acabou levando a uma alta.

Powell é conhecido por prever com precisão o inverno das criptomoedas de 2022. No entanto, sua previsão anterior de que o Bitcoin atingiria US$ 100.000 até o final de 2021 falhou.

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Source link

Share to...