Bitcoin cai 24% em uma semana e arrasta 3 tokens para o pior desempenho semanal: NEXO, DFI e XCN


O mercado de criptomoedas continua em queda esta semana, e as duas principais criptomoedas estão sendo negociadas a um nível de US$ 20 mil para Bitcoin e US$ 1 mil para Ethereum. O banho de sangue que derrubou o BTC de US$ 21.000 para menos de US$ 18.000 durante o fim de semana resultou na maior perda realizada em dólares para investidores de Bitcoin. Curiosamente, os detentores de longo prazo estavam entre os vendedores mais ativos, alguns dos quais perceberam perdas superiores a 70%.

De acordo com dados da Glassnode, os detentores de BTC “bloquearam” mais de US$ 7,3 bilhões em perdas de sexta a domingo, que agora é a “maior perda realizada denominada em dólares na história do bitcoin”. Isso ocorreu em meio à queda do ativo de US$ 21.000 para uma baixa de 18 meses de US$ 17.500 no mesmo período.

Fonte: Glassnode

O Ethereum perdeu mais de 50% de seu valor em cerca de uma semana, quando foi para US$ 900 pela primeira vez em mais de um ano. Agora, porém, o ETH está entre os ganhadores diários mais substanciais e aumentou 16%, para pouco mais de US$ 1.100.

Fonte: Coingecko

O BNB caiu abaixo de US$ 200 durante o fim de semana, mas um aumento diário de 9% o levou para US$ 210 no instante dessa redação. O Solana é outro ganhador de dois dígitos entre as altcoins de maior capitalização (15%) e recuperou US$ 30.

Entre as maiores perdas semanais, destacam-se três tokens: Nexo (NEXO) -29.3%, Defichain (DFI) -38.8% e Chain (XCN) -43%.

Nexo (NEXO) -29.3%

O colapso do Celsius Network interrompeu todos os saques, trades e transferências entre contas de seus usuários, citando condições extremas de mercado. Agora, a empresa rival de empréstimo de criptomoedas, o Nexo estende uma carta de intenção para comprar todos os ativos qualificados da empresa. Logo após essa oferta, o valor do token de governança caiu imediatamente. Certamente o mercado está precificando o medo de estar diante de mais um caso tipo LUNA.

Fonte: Coingecko

O preço atual do Nexo é de US$ 0,688686, o que representa um aumento de 5% nas últimas 24 horas, mas no acumulado semanal, uma desvalorização da ordem de -29.3%. O valor de mercado do Nexo é de US$ 385,66 milhões. O volume em 24 horas do NEXO é de US$ 8,12 milhões, com uma oferta circulante de 560.000.010 e uma oferta máxima de 1.000.000.000. 

O Nexo é negociado em 28 exchanges, sendo as principais P2PB2B (US$ 1,87 milhão), Binance (US$ 1,83 milhão) e Huobi Global (US$ 1,43 milhão). O Nexo teve uma alta histórica de US$ 3,9436 há cerca de 1 ano. 

No último dia, o Nexo foi negociado em 122 mercados ativos, com seus pares de negociação de maior volume sendo USDT (US$ 5,22 milhões), ETH (US$ 1,26 milhão) e BTC (US$ 962.272).

Defichain (DFI) -38.8%

Pela terceira semana consecutiva, o DFI decepciona o mercado. O DeFiChain (DFI) é um protocolo DeFi que foi criado através de um fork do código Bitcoin e opera em conjunto com a rede Bitcoin para oferecer aos usuários acesso a criptoativos, bem como ações tokenizadas.

Fonte: Coingecko

O preço do DeFiChain hoje é de US$ 1,0217, o que representa um aumento de 4% nas últimas 24 horas, mas no acumulado semanal, uma desvalorização da ordem de -38.8%. O valor de mercado do DeFiChain é de US$ 549,78 milhões. O volume de DFI em 24 horas é de US$ 17,49 milhões, com uma oferta circulante de 538.096.901 e uma oferta máxima de 1.200.000.000. 

O DeFiChain é negociado em 6 exchanges, sendo as principais: DeFiChain (US$ 16,32 milhões), KuCoin (US$ 656.297) e Bittrex (US$ 345.921). O DeFiChain teve uma alta histórica de US$ 5,5121 há 7 meses. 

No último dia, o DeFiChain foi negociado em 32 mercados ativos, com seus pares de negociação de maior volume sendo DUSD (US$ 5,27 milhões), USDC (US$ 3,50 milhões) e BTC (US$ 3,45 milhões).

Chain (XCN) -43%

O token Chain (XCN) passou por um sell-off intenso em 14 de junho, pois seu preço caiu 95% devido a liquidações em cascata. Nesse evento o XCN perdeu mais de 90% de seu valor antes de recuperar a maioria de suas perdas. Em uma análise post-mortem publicada pela Chain.com, a empresa disse que um formador de mercado e um erro de API começou a fazer com que o XCN caísse em grandes percentis. À medida que o evento ocorreu, os lances correspondentes ficaram presos por meio de pedidos de API, causando ainda mais pressão de venda descendente devido à baixa liquidez e chamadas de margem.

Até 500 milhões de tokens XCN comprados (US$ 42,24 milhões no momento da publicação) por meio de alavancagem foram liquidados em um curto período.

Fonte: Coingecko

O preço atual do Chain é de US$ 0,082765, o que representa uma queda de 2% nas últimas 24 horas, mas no acumulado semanal, uma desvalorização da ordem de -43%. A capitalização de mercado do Chain é de US$ 1,701 bilhão. O volume de  XCN em 24 horas é de US$ 32,39 milhões. 

O Chain é negociado em 16 exchanges, com as principais sendo: Gate.io (US$ 8,62 milhões), Huobi Global (US$ 8,52 milhões) e Bybit (US$ 6,53 milhões). O Chain teve uma alta histórica de US$ 0,182501 há 20 dias. 

No último dia, o Chain foi negociado em 37 mercados ativos, com seus pares de negociação de maior volume sendo USDT (US$ 32,21 milhões), ETH (US$ 23.402) e BTC (US$ 8.576).



Source link

Share to...