Ghibli Park é cândido e engorda lista de parques do Japão – 09/11/2022 – Turismo
ENTRETENIMENTO

Ghibli Park é cândido e engorda lista de parques do Japão – 09/11/2022 – Turismo


Quem morreu de terror das criaturas de “A Viagem de Chihiro” e chorou com a singeleza de “Meu Colega Totoro” já pode debutar a pensar em visitar o Japão. Voltado aos fãs de suas animações, o Studio Ghibli inaugurou no último dia 1° o Ghibli Park, em Nagakute, próximo à cidade de Nagoya.

Estão lá o gato que se transforma em ônibus (koneko basu), o “sem rosto” do trem, e várias outras referências à obra cinematográfica de Hayao Miyazaki e Isao Takahata —um prato pleno para aficionados.

O Japão é um país que sempre planeja e inaugura parques, incluindo os temáticos. Há opções para os fãs de Naruto, Hello Kitty e Mario Bros, por exemplo. Dá para organizar uma viagem inteira com visitas aos mais famosos.

“Para alguns parques é necessário comprar ingressos com antecedência, porquê é o caso da Universal Studios Japan, onde fica o Super Nintendo World. Alguns parques realizam eventos especiais, portanto é recomendável verificar a programação nos websites antes de comprar o ingresso”, diz Michiaki Yamada, diretor executivo da Organização Vernáculo de Turismo do Japão (JNTO) em Novidade York.

Atualmente, para entrar no país é necessário solicitar visto no consulado nipónico a partir de três meses antes da viagem e apresentar certificado de vacinação contra a Covid-19 com três doses aceitas pela OMS (Organização Mundial da Saúde), ou certificado de resultado negativo para teste feito 72 horas antes do embarque.

Os japoneses seguem usando máscaras e gostam quando turistas também o fazem. Além desta recomendação, também é interessante seguir o que dizem os noticiários locais da previsão do tempo —entre o setentrião do Japão (Hokkaido) e o sul (Okinawa) poderá ter uma considerável mudança de temperatura na mesma quadra do ano.

“O clima varia entre as regiões do país, em um mesmo dia pode estar muito indiferente em um lugar e no outro, mais sossegado”, ensina Yamada.

Ghibli Park

A proposta do novo parque é recriar os cenários e ambientação dos filmes produzidos pelo premiado estúdio de cinema em uma superfície gigantesca, cinco vezes maior que o Magic Kingdom, da Disney World, em meio à natureza preservada.

Entre as áreas já inauguradas (algumas outras serão abertas no ano que vem) está a Dondoko Forest, que construiu na vida real a moradia de Satsuki e Mei de “Meu Colega Totoro”. Os ingressos estão à venda pela internet exclusivamente para pessoas no Japão, ou diretamente nas bilheterias por ordem de chegada. É preciso reservar a ingresso nas atrações.

Aichi, Nagakute, Ibaragabasama, 1533-1, Expo 2005 Aichi Commemorative Park (Moricoro Park), Japão. Seg., qua., qui. e sex., das 10h às 17h. Sáb., dom. e feriados, das 9h às 17h. Fechado às terças. Ingressos para as atrações a partir de 1.000 ienes (murado de R$ 35).

Tokyo Disneyland

Inaugurada em 2001, a Tokyo Disneyland é o primeiro parque da Disney fora dos Estados Unidos, e o segundo parque temático mais visitado do mundo —seu vizinho DisneySea vem logo detrás, em quarta posição no ranking. Ambos ficam no Tokyo Disney Resort, um multíplice que dá para invocar de “Disney para adultos” oferecido o grande número de atrações (e a venda de bebidas alcoólicas) voltadas para oriente público.

Ao longo do ano todo, fãs do universo de Walt Disney realizam o sonho de saber personagens, vivenciam aventuras porquê nos filmes e animações, assistem a shows e participam de eventos sazonais porquê Halloween e Natal. A partir de abril de 2023 têm início as celebrações de 40 anos do parque.

1-1 Maihama, Urayasu, Chiba 279-0031, Japão. Seg. a dom., das 9h às 21h (horários podem mudar sem aviso prévio). Ingressos a partir de 8.400 ienes (murado de R$ 300).

Sanrio Puroland

Os japoneses têm um termo para definir tudo que é fofinho e bonitinho —é o “kawaii”, um tanto porquê o “cute” do inglês. Pois o Sanrio Puroland, da empresa Sanrio, é a sede mundial kawaii, onde a teoria é envolver o turista em uma atmosfera de fofura extrema com atrações, brinquedos e desfiles da personagem Hello Kitty e toda a sua turma de amigos, porquê Cinnamoroll, Pompompurin e Monkichi. O ovo preguiçoso Gudetama é sucesso reservado com as crianças.

Prepare-se para gastar bastante nas lojinhas de souvenir que vendem de itens de papelaria a pelúcias.

1 Chome-31 Ochiai, Tama, Tokyo 206-8588, Japão. De seg. a dom., das 9h30 às 17h (consultar calendário previamente, há dias em que o parque fecha). Ingressos a partir de 2.200 ienes (murado de R$ 80).

Edo Wonderland

Cá os visitantes viajam no tempo para receber treinamento e virar um samurai ou um ninja. A Era Edo foi um período da história do Japão entre os anos 1603 e 1868 —nele, o país superou séculos de guerras e conflitos internos para depreender a silêncio e perfurar espaço para as artes. O parque é a recriação de uma vila típica dessa quadra: há personagens circulando, iguarias tradicionais servidas nos restaurantes e apresentações.

No treinamento ninja, aprende-se técnicas de corrida, de porquê passar despercebido, e impelir shuriken, armas pontiagudas tradicionais. Aspirantes a samurais aprendem sobre a disciplina, habilidade com espadas e técnicas de quedas.

470-2 Karakura, Nikko, Tochigi 321-2524, Japão. De seg. a dom. (exceto qua., quando o parque fecha), das 9h às 16h (no verão o parque fica até as 17h). Ingressos a partir de 2.600 ienes (murado de R$ 90).

Legoland Japão

Inaugurada em 2017, a Legoland é voltada a toda a família, mas faz sucesso particularmente com as crianças menores. Foram usados 17 milhões de blocos Lego na construção do parque, além de 10 milénio diferentes modelos de Lego.

Nas sete áreas, os visitantes aproveitam 40 atrações porquê a montanha-russa The Dragon, no Reino dos Cavaleiros, ou os veículos off-road e armas de laser do Lost Kingdom Adventure. É provável alugar carrinhos e facilitar o passeio com os pequenos.

2-2-1 Kinjoufutou, Minato-ku Nagoya-shi, Aichi 455-8605, Japão. De seg. a sex., das 10h às 16h. Sáb., dom. e feriados, das 10h às 17h. Ingressos a partir de 3.400 (murado de R$ 120).

Universal Studios Japan

São variadas áreas temáticas, incluindo uma do Super Nintendo. No Parque Minion, a Minom Mayhem tem uma tela enorme e sistema de projeção hiper-realista diante da qual o visitante viaja e rodopia com seu veículo.

O Mundo Mágico de Harry Potter, por sua vez, reproduz várias das histórias dos livros, e ainda oferece uma tentadora superfície com lojas de souvenir. Termine o dia voando nas garras de um pteranodon fora de controle na superfície Jurassic Park.

2 Chome-1-33 Sakurajima, Konohana Ward, Osaka, 554-0031, Japão. Seg. a sex., das 10h às 19h. Sáb. e dom., das 9h às 21h. Ingressos a partir de 5.400 ienes (murado de R$ 190).

Aquário Churaumi de Okinawa

Além de ser um dos maiores e melhores aquários do mundo, é o que mais faz sucesso entre os visitantes no Japão. Tem 26 milénio criaturas vivas de 740 espécies diferentes. O aquário foi reconstruído em 2002 e chegou a receber 20 milhões de visitantes em 2010. O tanque principal, chamado de Kuroshio Sea, é tão grande que acomoda um tubarão-baleia de 12 metros de comprimento, além de arraias-manta e várias espécies de peixes raros.

Na Sala de Experiência no Fundo do Mar é provável ver criaturas bioluminescentes que vivem a mais de 200 metros de profundidade, em tanques que recriam a pressão, luz e temperatura da chuva necessárias para sobreviver.

424 Ishikawa, Motobu, Kunigami District, Okinawa 905-0206, Japão. De seg. a dom., das 8h30 às 17h30 (o aquário fecha às 20h na subida temporada). Ingressos a partir de 1.510 ienes (murado de R$ 55). Crianças até 6 anos não pagam.

Fuji-Q Highland

Parque de diversões localizado perto do monte Fuji, que pode ser divisado de algumas atrações. É divulgado por suas montanhas-russas de paisagem radical —estão lá a Fujiyama, a mais subida do lugar com queda de 79 metros, e a Dododonpa, a mais rápida do Japão. Há também atrações para os fãs de animes e mangás.

5 Chome-6-1 Shinnishihara, Fujiyoshida, Yamanashi 403-0017, Japão. De seg. a dom., das 9h às 17h. Ingressos a partir de 2.200 ienes (murado de R$ 78).

Nijigen no Mori

Parque para os amantes de mangás e animes, principalmente da série “Naruto”. Em 2020, foi inaugurado um Godzilla em “tamanho real”, com 23 metros de profundeza. Outra boa atração é a Dragon Quest Island, um RPG ao ar livre em que o visitante é o protagonista de uma história que mistura elementos reais e digitais.

2425-2 Kusumoto, Awaji, Hyogo 656-2301, Japão. De seg. a sex., das 12h às 21h. Sáb. e dom., das 10h às 21h. Ingressos para atrações a partir de R$ 3.470 (murado de R$ 120).

Kamo Aquarium

Está no livro do Guinness: o maior número de águas-vivas em exposição fica no Aquário Kamo. São mais de 60 variedades do bicho. Também dá para visitar caranguejos, polvos, tubarões e leões-marinhos.

Okubo-657-1 Imaizumi, Tsuruoka, Yamagata 997-1206, Japão. De seg. a dom., das 9h às 17h. Ingressos a partir de 500 ienes (murado de R$ 18).

Leave feedback about this