Mulher entra com bandeira do Brasil em shopping e é constrangida por seguranças
POLÍTICA

Mulher entra com bandeira do Brasil em shopping e é constrangida por seguranças


Seguranças do Shopping JK Iguatemi, na zona sul da capital paulista, abordaram uma mulher por ela estar coberta com a bandeira do Brasil nas costas. O caso ocorreu no sábado 12 e causou polêmica na internet.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, uma acompanhante da mulher (vestindo branco nas imagens) mostra uma camiseta da Seleção Brasileira que parece ter sido comprada no dia. Ela pergunta aos seguranças se não poderia vestir a peça. “À vontade”, responde o funcionário do JK Iguatemi.

Em seguida, ela aponta para a mulher com bandeira e pergunta qual seria a diferença entre a camiseta e a roupa interpelada pelos seguranças. A resposta: “A bandeira, senhora”. A partir deste momento, um varão se junta à discussão.

“Se eu quiser transpor pelado com a bandeira do Brasil, eu saio”, disse o cliente. O segurança responde: “O senhor pode transpor lá fora, cá no empreendimento shopping o senhor não pode”.

Em nota, o shopping pronunciou-se sobre a mulher e informou que “não houve tratamento desrespeitoso ou discriminatório” na abordagem dos seguranças, mas que o trajo de alguém vestir a bandeira do Brasil “não configura uma revelação contrária ao código de conduta do empreendimento”. Portanto, a equipe errou ao proferir que a mulher não poderia passear pelo shopping da forma uma vez que estava vestida.

Leia também: “Vai ter bandeira, sim!”, cláusula de Ana Paula Henkel publicado na Edição 122 da Revista Oeste



Leave feedback about this