Pix poderá ser cobrado? Veja quem precisa remunerar pela transferência
EMPREGOS

Pix poderá ser cobrado? Veja quem precisa remunerar pela transferência


As transferências por pix já caíram no sabor dos brasileiros e se tornou uma das transações bancárias mais realizadas na atualidade. Assim, se tornou generalidade fazer o pagamento de contas, transferência para amigos e familiares por pix, visto sua facilidade, rapidez e pouquidade de taxas. No entanto, uma incerteza sobre o funcionamento da funcionalidade vem incomodando segmento dos usuários.

Sendo assim, muitos cidadãos se perguntam a reverência sobre a pouquidade da cobrança de taxa para a realização do pix, com dúvidas se a isenção irá continuar. Com isso, a população procura entender se a falta de cobrança será um tanto temporário e, caso taxas comecem a ser impostas, se todos deverão remunerar.

Existe cobrança no pix?

A modalidade foi criada pelo Banco Medial com o intuito de facilitar a circulação do verba entre instituições financeiras, além de facilitar também os processos de compra e venda. Em universal, o pix não possui cobrança de taxas para a transferência do verba. No entanto, existem alguns casos em que a taxação ocorre, sendo eles:

  • Pix recebido em conta definida em contrato de uso restrito para fins comerciais;
  • Recebimento de mais de 30 pix por mês;
  • Pix recebido por QR Code dinâmico,
  • Pix recebido por QR Code de pagador pessoa jurídica.

Caso o pix do consumidor estiver fora das situações listadas supra, as transferências não estão sujeitas a cobrança de taxas. Demais, o pagamento também é gratuito para pessoas físicas, pequenos empresários individuais e MEIs, que realizam e recebem pagamentos diretos em suas contas. Porém, caso qualquer uma dessas categorias realizem transações que se enquadrem nas listadas supra, as tarifas serão cobradas.

Veja: Nubank oferece novidade facilidade com o PIX em seu app.

PJ possui isenção do pix?

No caso das pessoas jurídicas (PJ), as tarifas relacionadas ao pix são cobradas. Isso acontece devido ao Banco Medial anunciar que os bancos podem realizar cobranças nas transações de pagamentos instantâneos das contas dos clientes cadastrados uma vez que PJ.

Entretanto, as taxas cobradas são definidas de congraçamento com a instituição financeira, não possuindo um valor padrão para o mercado. Dessa forma, a cobrança pode ocorrer por meio de um valor fixo praticado no banco ou também uma vez que um percentual do valor enviado ou recebido.

Leave feedback about this