Presidência da Câmara Legislativa do DF deve seguir com o MDB – Notícias
POLÍTICA

Presidência da Câmara Legislativa do DF deve seguir com o MDB – Notícias



A presidência da Câmara Legislativa do Província Federalista (CLDF) deve permanecer com o MDB, partido do governador reeleito Ibaneis Rocha. O distrital Rafel Prudente (MDB) comanda a CLDF há quatro anos.


Entre os nomes da {sigla} que disputam a cadeira do presidente, estão Iolando, Hermeto e Wellington Luiz. Hermeto, atual líder do governo na CLDF, é considerado por interlocutores leal a Ibaneis, o que é visto pelos colegas porquê um risco à independência do Legislativo caso o distrital vença a corrida.


Independentemente de quem assumir a presidência, a expectativa é que a vice-presidência fique com o PT. Fontes ouvidas pelo R7 informaram que os três nomes do MDB concordaram em dividir o comando com os petistas. A legenda do presidente da República eleito Luiz Inácio Lula da Silva emplacou três representantes: Chico Vigilante, Gabriel Magno e Ricardo Vale.



Com Fábio Felix (PSOL), Max Maciel (PSOL) e Dayse Amarílio (PSB), a oposição soma seis nomes, 25% da vivenda. Os distritais eleitos em 2 de outubro tomam posse em 1º de janeiro de 2023. Logo em seguida, ocorre a votação para a mesa diretora. 


Bem pela vice-governadora eleita Celina Leão (PP), Wellington Luiz é o concorrente que está avante nas articulações. Ele vem conversando com a oposição e o PL desde antes do segundo vez das eleições. O PL tem a maior bancada partidária da CLDF, com quatro parlamentares: Daniel Donizet, Joaquim Roriz Neto, Roosevelt Vilela e Thiago Manzoni.


O partido também está de olho na mesa diretora e deve permanecer com uma das secretarias. Os distritais querem a vice-presidência, mas a avaliação nos bastidores é de que a posição da legenda está enfraquecida pela rota de Jair Bolsonaro e de Flávia Arruda, presidente da {sigla} no DF, na disputa pelo Senado.

Leave feedback about this